Departamentos - DECS - IER Brasil

HISTÓRIA DO DECS

No início da década de 1990, surgiu, no seio da IERB, a preocupação em suprir as comunidades com material de orientação bíblica na língua portuguesa. Isto se deveu ao fato de que os filhos dos imigrantes holandeses, nascidos no Brasil, apresentavam dificuldades com o material oriundo da Holanda para acompanhamento na Escola Dominical e no estudo do Catecismo. Assim, iniciou-se o trabalho de tradução de todos os conteúdos em holandês e, para organizar melhor este trabalho de padronização – até então cada igreja tratava de reunir seu próprio material – cogitou-se formar uma “Comissão de Pessoas Sábias” que se responsabilizaria pela organização desse material. Esta comissão seria composta por, no mínimo, 2 pessoas leigas de cada igreja (Arapoti, Carambeí e Castrolanda). Além desta tarefa, este grupo deveria organizar, também, cursos e palestras para capacitar líderes para o trabalho com crianças, jovens e a outras funções nas comunidades. Entaão, no dia 23 de agosto de 1944, realizou-se a 1ª reunião do DECS, que contou com a participação de representantes das três comunidades acima mencionadas. Foram eles: Lucas Salomons, Margo Verburg, Ab Dijkinga, Egbert J. Van Westering e Lientje J. A. M. Groenwold. Neste mesmo ano o DECS reuniu-se mais três vezes, sendo que o último encontro, no dia 30 de novembro de 1994, foi em conjunto com a mesa do Sínodo para informar sobre a função e objetivo do recém-formado departamento.

Como órgão interno de orientação, o DECS está subordinado ao Sínodo das Igrejas Evangélicas Reformadas no Brasil, formado para assistir ao próprio Sínodo, às igrejas e aos seus líderes no desempenho das suas múltiplas responsabilidades na educação Cristã. (Regimento Interno). Pode-se dizer que, resumidamente, o DECS se preocupa com a identidade da IERB e com a educação cristã de seus membros.

Nos primeiros anos, os membros do DECS reuniam-se em torno de 5 a 6 vezes ao ano. Atualmente, este número oscila entre 8 e 9 vezes. Estas reuniões ocorrem em sistema de rodízio, ou seja, sempre uma comunidade diferente recebe o grupo, pois não existe uma sede física do departamento. As reuniões sempre iniciam com um momento de reflexão bíblica, a cargo do anfitrião e segue uma pauta de assuntos previamente definidos. Para compor o DECS cada IER pode indicar até 03 representantes que, regimentalmente, permanecem no grupo por 3 anos. Para auxiliar nas tarefas, o DECS conta com a colaboração pessoas que, nos bastidores, trabalham muito, quer nas traduções ou nas revisões de trabalhos. O DECS também realiza consulta a pastores quando os assuntos requerem aprofundamento bíblico.

Atualmente o DECs conta com os seguintes representantes: Jan Egbert Borg e Rita Alberts  IER Aapoti, Leendert A. Boer, Willy Dijkinga Los, Jan Ubel van der Vinne- IER Carambeí Colônia, Willem van de Riet, Elizete T. Petter e Hermannus Morsink – IER Castrolanda,Albertina Harms, Elza Los Dias IER Nova Holanda,Ivone Van Arragon e Lucretius Berendsen IER Curitiba, Carla Goltz Blummel IER Itararé, Simone R. G. Bouwman IER Tibagi